Piso dos ambientes: confira 3 opções práticas

Compartilhe!

Mudar o piso do apartamento ou casa nem sempre é fácil, seja pelo trabalho que dá em remover o antigo e colocar o novo, como também na hora de escolher qual vai ser o substituto. Tem de se avaliar questões técnicas do novo piso, como facilidade de aplicação e resistência a riscos, quedas e ao próprio desgaste do tempo.

A questão estética também tem de ser observada, já que o ideal é encontrar um material que combine ou dê uma revigorada na decoração dos ambientes. É tanta coisa para pesquisar que, às vezes, podemos acabar errando na escolha. Mas para te ajudar a ficar mais informada na hora de decidir o piso ideal, preparamos uma lista com três dos principais tipos existentes no mercado e que podem ser uma excelente solução para você. Vamos a eles!

Piso dos ambientes veja 3 opções práticas - Clube das Comadres

1. Piso vinílico

O piso vinílico, também conhecido como piso de PVC, é uma excelente opção para quem busca um material que seja durável e resistente. Ele também é antialérgico e antichamas, possuindo características térmicas que deixam o ambiente mais agradável.

Também é macio e sua fixação ocorre por meio de autoadesivos, cola ou click. A limpeza dele é fácil, não segura o pó. Pode ser encontrado nas versões placa, manta ou lâmina. Ele pode ser colocado em cima do contra piso, cerâmica ou outro piso de base.

Ele cai bem em decorações mais modernas ou com tons neutros, porém que queiram dar um destaque aos detalhes. Nesse sentido, as estampas e texturas do piso vinílico podem ser uma solução. A textura que imita madeira é ótima para decorações rústicas, vintages ou retros.

Piso dos ambientes veja 3 opções práticas - Clube das Comadres 1

2. Piso porcelanato

O piso porcelanato ganha cada vez mais espaço junto ao público por causa de sua grande variedade de modelos, texturas e tons. Além disso, possui um custo menor do que outras opções e é muito prático, de rápida aplicação/instalação e facilmente limpo.

Sua versão rústica combina com decorações com porcelanato, além de possuir características antiderrapantes. Pode ser usada em ambientes internos em conjunto com externos, como em uma sala integrada com a varanda.

A versão polida é mais brilhante, ideal para uma decoração clara e cheia de luzes. Porém, numa decoração com móveis mais foscos, o contraste pode soar bem interessante. Existe ainda a versão porcelanato acetinado, que é fosco, e pode manchar mais facilmente.

Piso dos ambientes veja 3 opções práticas - Clube das Comadres 2

3. Piso de epóxi ou porcelanato líquido

Você já ouviu falar no piso epóxi? Normalmente, ele é usado em áreas industriais. Porém, cada vez mais aceito dentro das casas. Trata-se de um plástico termofixo que endurece quando se mistura com um agente catalisador ou endurecedor, chamado de resina epóxi (ou poliepóxido).

No entanto, seu aspecto perfeitamente liso, contínuo (sem juntas de dilatação), sem fissuras e com alto brilho – conhecido também como porcelanato líquido (o que acham?) – caiu nas graças de arquitetos e designers de interiores.

E, além de tudo isso, é de fácil limpeza (apenas pano úmido e detergente), possui infinitas cores e desenhos (os tons claros são os mais usados em residências) e pode ser aplicado sobre diversos materiais/pisos como: concreto, contra piso (depois do período de cura de 28 dias), cimento queimado, assoalho de madeira, azulejo, cerâmica, pedras em geral (mármore, granito, ardósia…) e até metal! Veja abaixo uma foto do porcelanato líquido.

Piso dos ambientes veja 3 opções práticas - Clube das Comadres 3

Gostou das dicas? Não deixe de comentar! 🙂

Veja também:

Matheus Bertoluci é formado em publicidade e propaganda e especialista em vendas online. É dono do site Total Construção e colabora quinzenalmente com o Clube das Comadres.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *